terça-feira, 30 de junho de 2009

Tanta coisa pra falar...

Sério, tem MUITA coisa pra comentar. Mas o post ficaria muito maçante, tipos aqueles ex-colegas de trabalho que você encontra 5 anos depois e ele/ela começa a falar ad infinittum sobre como a empresa ta boa de trabalhar, como ele conseguiu aquela promoção depois de 25 anos de empresa e conseguiu comprar o Gol zero finalmente.

Well, sem mais rodeios... por onde começar?

Claro, a Coréia do Norte brincando com as bombinhas! Seriously, o que aquele cara tem na cabeça? É óbvio que um cara que chama Kim Jong-Il não deve ser muito de bem com a vida. E também é óbvio que um cara que gosta de ser chamado de Querido Líder, não é bom ponto de referência psicológica.

Eu estava lendo a Super Interessante de julho e veio uma matéria interessante sobre ele, é bem curta e coisa e tal, mas achei muito boa. Ela explica o comportamento do Querido Líder de um modo prático: Lembra aquele comportamento de chicken game (jogo do covarde)? Dois carros vem de posições opostas e aceleram em direção um ao outro. O covarde é o que desvia primeiro. O Kim Jog-Il vai fingir que não liga ser massacrado por bombas atômicas estadounidenses, que vai continuar fazendo tudo até acabar do modo mais trágico possível. Niiiiiiiiice!


Pega eu aqui então, Obama



E agora, sobre meu Palmeiras
que está sem técnico. É óbvio que o Clube ja queria chutar o Luxa a um tempo... E ele afirmar que o escroto do Kenrrison não jogaria mesmo se continuasse/voltasse pro Verdão, só foi a desculpa. Mas agora o time ta sem técnico e tentando trazer o Muricy, que só ta enrolando pra dizer o "não" rere.
Enfim, logo logo aparece um técnico, contanto que não seja o Geninho ou o Renato Gaucho e cia limitada, oks.


Pipok9 aqui não, caraio.


E por último, mas não menos importante... O movimento mais revolucionário do país depois dos Caras Pintadas... O #forasarney criado por sub-celebridades no TWITTER. Sim! No Twitter. É, eu ja disse, no Twitter... OMG, qual a parte de "no Twitter" você não entendeu? Eu sei que é dificil de engolir, mas sim, no Twitter.
A tag em si, #forasarney, foi criada pelo apresentador do CQC Rafinha Bastos,
mas o conceito conceito massacrado pelos indivíduos citados a seguir. Entre os artistas engajados estavam Junior Lima (Jiggy jiggy joy, jiggy joy boboy, vem bricar comigo), Vesgo do Pânico na TV (dispensa comentários), Marcos Mion (devia ter um Descarga MTV especial sobre esse movimento super revolucionário) e MariMoon (I know).
O movimento consistia em chamar a atenção da mídia fazendo a tag #forasarney chegar em primeiro no Trending Topics do Twitter.
Tipo... Sério? Eles realmente acham que isso vai adiantar alguma coisa? E as pessoas subcultas também aderiram à essa utopia achando que vai funcionar? Segundo a MariMoon terão movimentos na rua em todas as capitais do país, incluindo Brasília, que terá a movimentação em frente a Camara dos Deputados.
Eu, pessoalmente, senti vergonha de todos que participaram (incluindo conhecidos e amigos meus), afinal só mostra o quanto os brasileiros são acomodados e preguiçosos, sem vontade nenhuma de melhorar o seu país. Os brasileiros chegaram a pedir ajuda ao Ashton Kutcher, que deu uma lição de moral d
izendo que os únicos que podem fazer isso são os próprios brasileiros.
Como foi citado no Twitter "
Você sabe que algo está errado no continum espaço/tempo quando Ashton Kutcher dá lição de moral... E ESTÁ CERTO."


Não é só a Sandy que sabe causar. rs

2 comentários:

Bruno Brizzi disse...

Bom to aki, pq vi seus post no twitter :D e bom do basntante risada com vc bom, é isso (y)

RT :isadoramoraes www.podipornabunda.blogspot... quem comentar (ganha 1 milhão) rsrs HEOUHEOUHEUO


/brunobrizzi

MR disse...

Demais seu blog, fiquei um tempao dando risada.
A começar pelo nome.
Sensacional o seu senso de humor.
E a foto do Kim? (PEGA EU, OBAMA)
Hilario.
Manda ver, arrebenta com tudo mesmo.